Adaptação Escolar Pós Quarentena

Porque óculos escuros comprados em lugares duvidosos devem ser evitados?
17 de janeiro de 2020

Friendly classmates reading book of tales at lesson

A adaptação escolar pós quarentena não será uma tarefa fácil. Ainda mais quando o afastamento da escola não foi por conta das férias, e sim por uma pandemia que trouxe muitas incertezas e exigia o isolamento social. 

Muitas crianças podem se sentir inseguras ao ter que se distanciar da família mesmo que a escola já seja um ambiente conhecido, com os mesmos professores e coleguinhas.  

Em geral, crianças já sentem medo da mudança em suas rotinas e esse medo pode piorar por causa do novo Coronavírus. Elas podem ficar frustradas e irritadas também com a volta às aulas.

Por isso, é fundamental a união de pais e professores no intuito de tranquilizar e ajudar as crianças nesse momento de transição. Assim, o retorno às aulas após a quarentena será mais confiante e saudável.

Leia também: como cuidar da visão das crianças na escola?

Como retomar a rotina de leituras e lição de casa na (re) adaptação escolar?

A rotina de estudos praticada por pais e filhos durante a quarentena irá fazer muita diferença no momento em que as aulas forem retomadas. Isso porque, quem seguiu uma agenda e um cronograma de estudos sentirá menos dificuldade em retomar a rotina de ir à escola. Porém, sabemos que nem sempre é fácil, muitos pais que estão em casa, estão trabalhando em Home Office e dar conta de tudo ficou muito complicado!

No entanto, estabelecer uma rotina de leitura desde cedo com as crianças contribui para o seu desenvolvimento. Ler desenvolve vocabulário, melhora a concentração e a memória e ainda estimula a criatividade. A leitura também é uma grande aliada durante e após a quarentena para diminuir o uso excessivo de celulares e tablets. 

Mas como estimular a leitura na infância?

  • Escolha livros apropriados para cada faixa etária;
  • Torne a leitura divertida;
  • Dê o exemplo;
  • Escolha livros com temas de interesse e gosto dos pequenos;
  • Apresente diferentes gêneros literários;
  • Preste atenção a possíveis dificuldades na leitura, saiba mais no artigo dificuldade de aprendizado e visão;

Como diminuir o tempo de tela crianças?

Com o decreto da quarentena, muitas crianças estão tendo aulas e atividades escolares online. Por conta disso, o tempo de tela, que já era preocupante, aumentou consideravelmente. 

O uso de excessivo de dispositivos eletrônicos como tablets, TV, celular e computador pode prejudicar o desenvolvimento visual de bebês e crianças. 

Aqui vão algumas dicas para diminuir o “vício” dos pequenos em celulares e tablets:

  • Diminua o tempo de uso aos poucos, estabelecendo horários e uma rotina mais saudável até chegar ao tempo que considerem ideal;
  • Estimule a leitura de livros, gibis e revistas;
  • Substitua o tempo de tablet por outras atividades do interesse do seu filho. Pergunte  a criança se ela prefere brincar de boneca, de carrinho, jogar bola, desenhar, ouvir uma história… uma criança entediada tende a passar horas no tablet ou celular;
  • Dê o exemplo. Estabeleça momentos online e offline. Não adianta proibir o uso das crianças e ficar o tempo todo no celular. Se tiver que responder algum email ou mensagem, avise e seja rápido. Crianças aprendem muito mais com exemplos do que com palavras;
  • Nos momentos offline, aproveite para brincar com os seus filhos e reforçar os laços afetivos;
  • Saia de casa quando puder. Um passeio no parque, ao ar livre é uma ótima pedida! Pois além de ser divertido e saudável, a exposição solar ainda diminui os riscos de miopia!
  • Seja forte! Birras, choros e reclamações provavelmente vão acontecer. Tenha paciência e explique quantas vezes forem necessárias que essa mudança na rotina é para o seu bem. Estabelecer limites tornará seu filho uma criança feliz e saudável.

Adaptação escolar pós quarentena

Além do “desmame” dos dispositivos eletrônicos e da rotina durante a quarentena, a adaptação escolar, por si só, é um momento desafiador para os pequenos. O melhor sempre é a prevenção e nesse caso não é diferente.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Pequenas atitudes podem fazer grandes mudanças e melhorar a qualidade de vida dos estudantes na sala de aula.

Volta às aulas pós quarentena - Dra Andrea Greco Muller

Adaptação escolar pós quarentena – Dra Andrea Greco Muller

⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A adaptação escolar é um trabalho em equipe! Os pais e professores devem estar atentos a qualquer sinal e estimular a criança a cultivar hábitos saudáveis.

Aqui vão algumas dicas:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
• Evitar o uso prolongado de dispositivos eletrônicos como computadores e celulares. O tempo de tela deve ser sempre monitorado. Quando a criança tentar acessar algum conteúdo visual, dê preferência pela veiculação na TV e sempre mantenha a distância do aparelho;
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
• Ficar atento às reclamações das crianças sobre a sua visão e também para os sinais não-verbais que a criança pode dar: espremer os olhinhos, segurar a cabeça como se estivesse sentindo dor e coçar os olhos com frequência, por exemplo;
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
• Estimule o olhar das crianças para paisagens mais distantes. É uma forma de descansar a visão por conta de longas horas olhando para o caderno, livro ou dispositivo eletrônico e pode ser muito divertido! Use a criatividade de vocês: imagine animais nas nuvens, olhe os passarinhos, admire as paisagens, tente adivinhar os objetos que estão longe, etc;
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
• Evite que os pequenos coloquem as mãos ou cocem os olhos, pois as mãos são transportadoras de bactérias que podem ser prejudiciais aos olhos;
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
• Usar corretamente os óculos de grau, caso sejam necessários. Incentive a autoestima das crianças para não sentirem vergonha ou medo dos colegas ao chegarem na escola usando óculos de grau, elogie-os sempre!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀
É muito importante que quando pais e/ou professores identifiquem um comportamento atípico ou a criança reclame de algum incômodo, ela seja direcionada para um Oftalmologista que possa dar o correto diagnóstico e plano de ação.

 

Adaptação Escolar Pós Quarentena

 

Transtorno de Ansiedade de Separação

É normal um certo grau de ansiedade em momentos de separação, e isso acontece com a maioria das crianças, principalmente com as pequenas. Porém, quando essa ansiedade é muito intensa e causa prejuízos nas atividades diárias e no seu desenvolvimento, a criança pode estar sofrendo de Transtorno de Ansiedade de Separação.

Existem várias causas para esse tipo de Transtorno e o retorno às aulas após a quarentena e o isolamento social pode ser uma delas.

Os pais devem ficar atentos ao comportamento dos filhos e, caso haja desconfiança de que existe o Transtorno de Ansiedade de Separação, devem procurar um médico especialista.

No caso de adaptação escolar pós quarentena, o objetivo imediato do tratamento é capacitar as crianças ao retorno às aulas. Assim, médicos, pais e funcionários da escola devem trabalhar em equipe para uma adaptação escolar saudável.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *