Meu filho tem muito terçol! E agora?
19 de novembro de 2018
Ceratocone
12 de dezembro de 2018

Conjuntivite alérgica é uma inflamação nos olhos, que possui 4 tipos distintos:
  • Sazonal, geralmente associada à rinite ou asma
  • Ceratoconjuntivite atópica, que é associada à dermatite atópica
  • Conjuntivite primaveril
  • Conjuntivite papilar gigante, associada comumente ao uso de lentes de contato.

O tipo mais comum, a Conjuntivite Alérgica Sazonal, acontece quando se entra em contato com substâncias alergênicas, como pólen, poeira e pêlos de animais.

Por mais que o pólen esteja presente em todas as épocas do ano, durante a primavera é ainda mais comum. Além disso, o tempo seco também favorece a presença de poeira e ácaros no ar. Por isso, principalmente nessa época, o cuidado com a exposição a esses fatores, assim como a higiene ocular, devem ser redobrados.

 

Os principais sintomas da Conjuntivite Alérgica são:
  • Coceira nos olhos;
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Hipersensibilidade à luz;
  • Aumento do lacrimejamento dos olhos;

Compressa gelada sobre os olhos durante 15 minutos ou colírios lubrificantes podem ajudar no alívio dos sintomas durante o dia.

Em casos onde sintomas não melhoram ou alergia surja com constância, recomenda-se buscar um oftalmologista para tratamento antialérgico.

 

Abaixo seguem algumas dicas para evitar a recorrência da doença:
  • Evitar o acúmulo de pó, em cortinas, carpetes, bichos de pelúcia;
  • Varrer a casa com auxílio de pano úmido, para não levantar a poeira, entre outras medidas preventivas;
  • Não coçar o olho é mandatório;
  • Fazer compressas geladas que aliviam muito os sintomas alérgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *